Menopausa – os sintoma evoluem com o tempo

Menopausa no início pode causar calorões alterações de humor com episódios de irritação e depressão, tontura, dor de cabeça e baixa libido. Depois, além de menos desejo sexual, a mulher pode sofrer de atrofia vaginal – afinamento e ressecamento da mucosa que reveste a vagina, podendo ter dor durante a relação sexual. Com o passar dos anos, aumenta o risco de osteoporose e doenças cardiovasculares .Já conversou com a sua gineco sobre a reposição hormonal e tratamentos para os sintomas? Já conhece meu canal no YouTube?

Saiba mais sobre a menopausa:

Menopausa 

Quando a paciente fica um ano sem menstruar consideramos que entrou na menopausa, termo usado para a última menstruação. Essa mudança, geralmente, acontece entre 45 e 55 anos. A fase em que ela está com irregularidade menstrual, com o início dos sintomas, é chamada de climatério. A mulher costuma sentir também:

  • Ondas de calor repentinas
  • Diminuição do apetite sexual
  • Insônia
  • Coceira e secura vaginal
  • Desconforto durante as relações sexuais
  • Depressão e irritabilidade
  • Aumento de peso
  • Incontinência urinária ao esforço

O diagnóstico é clínico, mas a ginecologista pode pedir exames de sangue, principalmente, a dosagem -do hormônio folículo-estimulante (FSH) e do estradiol.

Implantes isomoleculares

Eles recebem este nome porque são hormônios com as moléculas parecidas com as que produzimos no nosso organismo.

São indicados para:

– menopausa

– suspensão da menstruação

– baixa da libido

Os implantes podem ser de testosterona, estrogênio e a gestrinona, que substitui a progesterona.

Eles são usados, principalmente, quando a paciente apresenta queixa de diminuição da libido. Mesmo menstruando ela pode usar uma dosagem baixa e se beneficiar da testosterona.

É importante uma boa condução do tratamento para evitar os efeitos androgênicos, como: crescimento do gogó, aumento do clitóris, da acne e dos pelos. O uso em excesso, inclusive da gestrinona (chip da beleza), pode causar esses problemas.

O implante é colocado no tecido gorduroso do glúteo e tem duração de seis meses.

Por que a vagina envelhece?

Eu sei que você já deve ter notado algumas mudanças depois dos 40 anos. Assim como na face e no organismo como um todo, o envelhecimento da vulga e da vagina é um processo natural. Com o passar dos anos, há uma perda gradual de colágeno e elastina na região genital, que a garantiam a firmeza da pele. A capacidade de reprodução celular chega a cair 50%, afetando o tônus, a lubrificação e a elasticidade. A vulva tende a ficar mais escura e flácida. Na menopausa, a queda do estrogênio também provoca o ressecamento vaginal.

A boa notícia é que existe tecnologia para ajudar você a recuperar a autoestima e a qualidade nas relações. A estimulação do colágeno das paredes vaginais promovida pelo Monalisa Touch ajuda na reidratação e restauração dos tecidos. Fale com o seu gineco sobre isso.

 

O que é vida sexual saudável na menopausa?

Eu sei que muitas mulheres preferem não tocar nesse assunto. A gente não foi acostumada a priorizar nosso prazer. Mas sexo é saúde. Então, ele vai ser pauta por aqui sempre que vocês quiserem.

Você deixa de comer, trabalhar, socializar ou amar porque está na menopausa Tenho certeza que não. Então, não precisa parar de ter relações.

Claro que há mudanças hormonais que afetam a libido, a lubrificação e até o tônus vaginal, mas para tudo isso tem tratamento. A ginecologista pode ser uma grande aliada da sua vida sexual saudável. Cada paciente é única e no consultório a gente consegue chegar na melhor alternativa para recuperar seus momentos de prazer sozinha ou acompanhada. O primeiro passo é saber que algumas mudanças são esperadas e maneja-las de forma que sua vida sexual não fique em último plano.

Ressecamento vaginal

Essa é uma queixa bastante comum no consultório.

Principalmente quando a mulher esta no climatério(período próximo da menopausa),é frequente a perda de lubrificação vaginal.

Dor e desconforto na relação sexual, sensação de ardência vaginal, sensibilidade uretral(parece ser uma infecção urinária) são sintomas da síndrome urogenital.